Casos Clínicos de NutriçãoCriança 8 anos com colesterol alto
Sueres Reis perguntou há 8 meses

Criança 8 anos chegou no meu consultório com exames alterados. Como proceder?

Maria Mônica Barros de Lima respondeu há 8 meses

Teria que avaliar bem alimentação dessa criança, com base nisso faria um plano alimentar diminuindo os cabs refinados e lipídios ruins.

Tamires Soares de Sousa respondeu há 8 meses

Costumo utilizar o diário alimentar para ter uma amostra de 1 ou 2 semanas da rotina alimentar do paciente e identificar hábitos que possam estar relacionados às alterações em exames.

Nutricionista Adriele Ziegler respondeu há 8 meses

Está com sobrepeso/obesidade? Pratica atividade física? Consumo de doces, refrigerante e ultraprocessados é alto? Como são os lanches na Escola? O diário ajuda identificar isso, com certeza.

Guilherme Mitsuo respondeu há 6 meses

Converse com os pais, enquanto a casa toda não se alinhas provavelmente esta criança ainda continuara com hipercolesterolemia

Guilherme Mitsuo respondeu há 6 meses

Converse com os pais, enquanto a casa toda não se alinhas provavelmente esta criança ainda continuara com hipercolesterolemia

2 Respostas
Melhor resposta
Wallaxy Costeira respondeu há 8 meses

Provavelmente, seja uma hipercolesterolemia familiar. A conduta deve ser acompanhada de um médico especialista na área e baseada numa dieta para hipercolesterolemia. 
Avalie os hábitos dos familiares não somente da criança, observe a acessibilidade em alimentos ultraprocessados  (salgadinhos, bolacha recheada, etc). Estude protocolos de hipercolesterolemia aguda/crônica e familiar. 
Fico a disposição, 
Att, 
Wallaxy Costeira
 
 
 
 
Redes sociais: @wallaxynutricionista

Wallaxy Costeira respondeu há 8 meses

Provavelmente, seja uma hipercolesterolemia familiar. A conduta deve ser acompanhada de um médico especialista na área e baseada numa dieta para hipercolesterolemia. 
Avalie os hábitos dos familiares não somente da criança, observe a acessibilidade em alimentos ultraprocessados  (salgadinhos, bolacha recheada, etc). Estude protocolos de hipercolesterolemia aguda/crônica e familiar. 
Fico a disposição, 
Att, 
Wallaxy Costeira
 
 
 
 
Redes sociais: @wallaxynutricionista