Casos Clínicos de NutriçãoPaciente falso magro visando hipertrofia
Sarine Viana da Silva perguntou há 2 meses

Paciente: homem, 27 anos, peso: 75,1 kg , com 13% de massa gorda, altura 1,74 pratica musculação de intensidade leve 4 x na semana durante 40 minutos, cardio na esteira correndo durante 20 minutos, e joga futebol 1x na semana durante 30 minutos, qual estrategia seria melhor para esse paciente conseguir ganhar massa muscular e perder gordura, Superavit calorico ou deficit, devido o nível de atividade ser muito leve e o mesmo não conseguir progredir carga!

6 Respostas
Ricardo Terres respondeu há 2 meses

Deixaria ele em leve déficit calórico com ingestão de proteínas na casa de 2g/kg. Orientaria sobre a importância de manter os treinos intensos para que o estímulo hipertrófico seja suficiente para sinalização 

Deise Máximo respondeu há 2 meses

Como esta a ingestão calórica atual? As vezes ele não consegue progredir carga por não se alimentar bem.

Eu deixaria ele em manutenção, com 2gr/kg de proteína, baixaria um pouco a gordura cerca de 0,8gr/kg e colocaria o restante em bons carboidratos, visando uma pequena recomposição corporal e melhora na performance no treino.
 
Pois se ele não melhorar o treino, ele pode até perder gordura com a dieta mas não vai ter hipertrofia.

Joel Cechinel respondeu há 2 meses

Olá sarine tudo bem.
Na minha opinião um leve superavit calórico, esse teu paciente precisa de musculos, tendo um percentual maior de massa muscular, automaticamente o percentual de gordura diminui. 
Mas para gerar hipertrofia além de ter a alimentação calculada, ele tem de treinar musculção “PESADO” caso contrário não há intensidade suficiente para hipertrofia,mesmo tendo o suporte nutricional necessário o corpo precisa de um estimulo para jogar os nutrientes para o local certo!
Trabalho na aréa de treinamento masculino e te digo com toda certeza, se treinar leve NÃO vai ter resultado estético, então deixe isso bem claro para ele! 
Construção de massa muscular requer TRABALHO INTENSO. 
Se fosse somente emagrecimento tudo bem, déficit calórico e vai emagrecer, agora para construir músculos a conversa é outra, exige esforço físico. 
Então se seu cliente quer ter músculos evidentes tem de fazer “FORÇA” , deixe isso bem frisado como deixei aqui pra você. Sucesso!!

Joel Cechinel respondeu há 2 meses

Olá sarine tudo bem.
Na minha opinião um leve superavit calórico, esse teu paciente precisa de musculos, tendo um percentual maior de massa muscular, automaticamente o percentual de gordura diminui. 
Mas para gerar hipertrofia além de ter a alimentação calculada, ele tem de treinar musculção “PESADO” caso contrário não há intensidade suficiente para hipertrofia,mesmo tendo o suporte nutricional necessário o corpo precisa de um estimulo para jogar os nutrientes para o local certo!
Trabalho na aréa de treinamento masculino e te digo com toda certeza, se treinar leve NÃO vai ter resultado estético, então deixe isso bem claro para ele! 
Construção de massa muscular requer TRABALHO INTENSO. 
Se fosse somente emagrecimento tudo bem, déficit calórico e vai emagrecer, agora para construir músculos a conversa é outra, exige esforço físico. 
Então se seu cliente quer ter músculos evidentes tem de fazer “FORÇA” , deixe isso bem frisado como deixei aqui pra você. Sucesso!!

Em superávit será muito difícil perder gordura, o IMC está quase em sobrepeso e o BF está alto, acredito que a melhor conduta seria uma dieta normocalórica com proteínas em pelo menos 2g/kg e gorduras, no máximo, em 1g/kg sempre com atenção para a quantidade de ingestão de gorduras saturadas. Também recomendaria o auxílio de um personal para orienta-lo quanto ao treino