Casos Clínicos de NutriçãoPaciente quer ganhar massa muscular e perder gordura
Débora Antunes perguntou há 3 meses

Olá, colegas. Atendi um paciente que está com 29% de gordura corporal e quer ganhar massa muscular. Ele tem 1,71 de altura e está pesando 83,5 kg. Ele pratica musculação 5x na semana. Qual a melhor estratégia, entrar com uma dieta em defict calorico ou superávit ?

Nutricionista Amanda Dantas respondeu há 3 meses

Eu faria déficit calórico com dieta cerca de 2g de PTN/kg/dia

Juliane Maia respondeu há 2 meses

Deficit calórico moderado e bom aporte de proteína para recomposição corporal.

Lucas Santos respondeu há 2 meses

Um percentual de gordura que considero bom para homem é de pelo menos 18% para baixo. Entraria com dieta hiperproteica (2,2 g/kg) e deficit calórico de 700 Kcal. Aconselharia que ele fizesse cardio pelo menos 3 dias por semana para aumentar um pouco mais o gasto energético semanal e facilitar a perda de gordura. Fico a disposição se necessitar de ajuda (insta: @lucassantos.nutri).

6 Respostas
Jully Anne Costa respondeu há 3 meses

Aumenta a ingestão de proteína, 50% e distribui os outros 50% entre Carboidratos e gordura. Com um deficit calórico. 

Isabelle Pereira Santos respondeu há 2 meses

Faria primeiro deficit calórico, após a perda de gordura, o superávit. 

Zigmatheus Brito Dantas respondeu há 2 meses

Eu faria manutenção, com 2g/kg de ptn, acompanharia a composição corporal até chegar na casa dos 20% de bf, aí iniciaria superávit.
Incentivaria o treino pesado, e acompanharia pedindo feedbacks sobre como ele está treinando.

Carolina Sant Anna respondeu há 2 meses

Olá Débora!!
Em um primeiro momento eu apostaria em um déficit calórico moderado (cerca de 300 calorias) somado a melhora da qualidade dos alimentos, priorizando os in natura e minimamente processados, e ao consumo adequado de água. Em relação aos macronutrientes, 1,7-2 g/kg de proteína, 4-6 g/kg de carboidratos e o restante de lipídeos.  Além disso, atentaria ao fracionamento dos alimentos fontes de proteína ao longo do dia, principalmente no pós treino imediato.  No mais, é interessante acompanhar o rendimento do paciente nos treinos e a qualidade e quantidade do sono.  

Patricia Silva respondeu há 2 meses

Acrescento à respostas dos colegas, o fator sono e hidratação! O sono é fundamental para que a conduta que vc estabelecerá dê certo. Fiz há pouco um curso de avaliação nutricional no esporte e aprendi muito sobre sono, hidratação relacionado a atividade física. Ainda mais que ele treina 5x na semana!